INTRODUÇÃO

Somos experientes e inteligentes, quanto ao se fazer pedidos a Deus. Pedimos pelo um novo emprego, uma casa própria, pedimos para que Deus venha abençoar a nossa família, na área espiritual, relacional, matrimonial, na saúde, daí por diante, são vários adjetivos de um conjunto de pedidos. Existe, algo de errado nestes pedidos? Claro que não!

MAS, A QUESTÃO É: Qual foi última vez que você pediu para Deus aumentar a sua fé? Qual foi a última vez que você pediu ao SENHOR para examinar o seu coração?

“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E ver se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno” (Salmos 139:23,24).

Pois saiba, que um dos anseios que mais ardia nos corações dos discípulos, “Era a Vontade de Acertar”, mesmo diante de suas fragilidades, de reconhecer que por eles mesmos, não conseguiriam, somente a suficiência em Deus seria o bastante, mesmo assim eles tentavam obedecer, mesmo falhando.

Lembra de Pedro? A Bíblia relata que, logo depois da primeira multiplicação de pães e peixes, Jesus fez com que os discípulos fossem adiante d’Ele para o outro lado. Depois de despedir as multidões Ele subiu ao monte para orar. Retornando a praia Jesus ver o barco já bem distante, a uma boa distância da terra, açoitado pelas ondas; Porque O Vento Era Contrário. De madrugada Jesus foi ao encontro deles, andando sobre as águas, eles ficam tão apavorados, que olhando para Jesus, disseram, um fantasma!!!

“Os discípulos, porém, vendo-o andar sobre o mar, ficaram apavorados e disseram: — É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram. Mas Jesus imediatamente lhes disse: — Coragem! Sou eu. Não tenham medo! Então Pedro disse: — Se é o Senhor mesmo, mande que eu vá até aí, andando sobre as águas. Jesus disse: — Venha! E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas e foi até Jesus. Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a afundar, gritou: — Salve-me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, o segurou e disse: — Homem De Pequena Fé, Por Que Você Duvidou?” (Mateus 14:26-31)

“Aumenta-nos a Fé”, é um pedido dos discípulos para Jesus, e vem depois de uma “ORDEM”, dada pelo mestre “PERDOA-LHES”. Ah, tenha por certo, que esse é um excelente pedido. Podemos aprender juntos, HOJE: “Que O Princípio Da Fé, Segue-Se A Objetividade De Agradarmos A Deus, Alcançando Um Relacionamento Mais Íntimo Com Ele”

OBEDECER É A MAIOR PROVA DE FÉ – “E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe” (Lucas 17:4). Dia: 49vs; Semana: 343vs; Mês: 1.372vs; Ano: 16.464vs – Veja, que Jesus não está dizendo para os seus discípulos, que eles precisam orar mais, jejuar mais, que eles precisam perguntar para Deus, se deveriam “Perdoar ou Não”. Jesus é categórico, incisivo, determinante na sua resposta: “Perdoa-lhe”, se por sete vezes no dia, o teu oponente te agredir, pecar contra ti, e por sete vezes durante o dia, este mesmo irmão, que se opõe em tudo o que você faz, vier até você dizendo: “Estou Arrependido”, perdoa o teu “IRMÃO”. É exatamente isso o que Jesus está nos ensinando hoje. “O ato de perdoar, é uma atitude nobre, que nos permite alcançar a grandeza da providência divina”.
Misericórdia pastor, além de ser agredido, perseguido, caluniado, traído, mesmo assim eu preciso chama-lo de irmão? De amigo? Eu não sei você, mais Jesus Cristo, que se entregou por mim e você, que pagou um alto preço pelos os nossos pecados na cruz do calvário, chama Judas Iscariotes de amigo:

Então, aproximando-se rapidamente de Jesus, disse-lhe Judas: “Eu te saúdo, ó Mestre! ” E lhe deu um beijo. Jesus, contudo, lhe perguntou: “Amigo, para que vieste? ” No mesmo instante os homens avançaram sobre Jesus e o prenderam (Mateus 26:49,50).

Talvez você pense, ah, ele saudou Jesus com um beijo, Jesus jamais imaginaria que Judas estava o entregando para os soldados romanos.

VEJAMOS >> Jesus respondeu: “É aquele a quem eu der um bocado passado no molho”. Então, Jesus molhou um bocado e deu a Judas, filho de Simão Iscariotes. Depois do bocado, Satanás entrou em Judas. Jesus, então, lhe disse: “O que tens a fazer, faze logo” (João 13:12…;26,27)

Vamos Declarar Juntos:

“Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia. Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém” (Mateus 6:9-13).

Você Sabe O Que Acabou De Declarar?

Deus Tu És o nosso Deus.
Deus Tu És Santo.
Deus, estou declarando para Ti, que o teu reino vem em primeiro lugar na minha vida.
Deus, reconheço que atua vontade, é boa, agradável e perfeita.
Deus, eu não sou egoísta, o pão que eu estou te pedindo, é para que eu possa compartilhar com os meus irmãos.
Deus, eu tenho guardado o teu mandato imaculado, a tua ordenança, e tenho perdoado aquele que tem me traído, me perseguido, me caluniado, como Tu És Santo e Justo, me perdoa.
Deus me livra do maligno, aumenta-me a fé, para que eu possa ter uma intimidade profunda contigo, que na provação eu possa discernir entre a tentação e a obediência, que eu permita que o teu nome seja em minha vida.
Porque obedecer é a maior prova de fé? Abraão teve fé em Deus e isso gerou confiança, relacionamento. Você tem fé para obedecer a Deus ou sua fé é para tentar mudar a vontade de Deus? Ter fé em Deus, é para quando necessário, você encarar e obedecer às ordens de Deus, mesmo em tempos difíceis.

OBEDECER É MELHOR DO QUE SACRIFICAR – “E disse aos discípulos: É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem! Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma pedra de moinho, e lança-lo ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequenos” (Lucas 17:1,2). O que me maravilha nas palavras de Jesus Cristo, é que Ele não nos deixa desinformado, pelo contrário, Jesus nos ensina, nos alerta, nos conduz a veracidade dos fatos. Quando Ele diz é impossível que não venham escândalos, Ele está dizendo: “Sujeitai-vos a Deus Pai, Medita na Lei deste livro de dia e de noite, haverá um tempo de nevoeiro, causando transtorno na visibilidade, cuidado, não se deixe ser levado por ventos de vãs doutrinas, acautelai-vos, cuidado com os falsos profetas”.
Samuel, porém, respondeu:

“Acaso tem o Senhor tanto prazer em holocaustos e em sacrifícios, quanto em que se obedeça à sua palavra? A obediência é melhor do que o sacrifício, e a submissão é melhor do que a gordura de carneiros” (1 Samuel 15:22).

“Por que vocês me chamam ‘Senhor, Senhor’ e não fazem o que eu digo?” (Lucas 6:46).

“Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu; e, uma vez aperfeiçoado, tornou-se a fonte da salvação eterna para todos os que lhe obedecem” (Hebreus 5:8-9).

“O Início Da Ansiedade É O Fim Da Fé; E O Início Da Verdadeira Fé É O Fim Da Ansiedade”.

No tempo em que Eliseu profetizou sobre Israel, houve uma grande fome em Samaria. A situação era a seguinte, o rei da Síria, Ben-Hadade, juntou todo o seu exército para cercar Samaria. Ninguém podia entrar nem ao menos sair da cidade, que se mantinha com suas portas fechadas e fortemente guardadas. Por esta razão, houve uma grande fome em Samaria, porque ninguém podia sair da cidade para comprar alimentos.

O povo estava com tanta fome que começaram a cometer antropofagia (canibalismo). Era o fundo do poço.

Porém quatro leprosos, decidiram rumar para o arraial sírio e isso aconteceu no fim da tarde, na hora do crepúsculo. Quando chegaram lá, não tinha ninguém na entrada do arraial. Os leprosos aproveitaram bem o que os sírios deixaram para trás. Foi uma farra. Entraram numa tenda e comeram e beberam até não aguentar e ainda pegaram para eles prata, ouro e roupas e foram esconder. Voltaram, entraram em outra tenda, pegaram algumas coisas e foram esconder.

Estava maravilhoso para os leprosos, muita comida, bebida, ouro, mas eles ficaram com medo e disseram: “Não fazemos bem; ESTE DIA É DIA DE BOAS NOVAS, e nos calamos; se esperarmos até à luz da manhã, algum mal nos sobrevirá; por isso agora vamos, e o anunciaremos à casa do rei.” (2 Reis 7:9). Preste atenção que eles temeram a Deus, preferiram obedecer do que sacrificar. Enquanto que o soldado que o rei reclinava o braço, não creu quando Eliseu profetizou que haveria provisão da parte de Deus. Quando a notícia chegou e o rei mandou checar a veracidade dos fatos, o tumulto foi tão grande, que aquele soldado foi pisoteado e morreu.

Não foi posto uma pedra de moinho em seu pescoço, porém ele foi pisoteado e morto, devido ao escândalo da sua incredulidade.

Isso quer dizer, que quando não nos importamos com o nosso próximo, estamos pecando contra Deus.

Quando não perdoamos, declaramos que não estamos guardando os mandamentos Deus e muito menos obedecendo o que Ele nos manda fazer. Quando não obedecemos ao que Ele nos manda fazer, estamos dizendo para Jesus que não o amamos.

…; isso é muito forte pastor, porque você diz isso?

“Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos”

(João 14:15).

OBEDECER AUMENTA-NOS A FÉ – “Então os apóstolos disseram ao Senhor: — Aumente-nos a fé” Lucas 17:5). Porque somente pela fé nos relacionaremos bem. Não temos suficiência em nós mesmos, para seguirmos em frente depois uma traição, depois caluniados, difamados e ainda por cima, perseguidos.
“Ao que o Senhor respondeu: — Se vocês tivessem fé como um grão de mostarda, diriam a esta amoreira: “Arranque-se e transplante-se no mar. ” E ela obedeceria” (Lucas 17:6).

O princípio da obediência. O que Jesus está dizendo? Se a fé de vocês for desenvolvida, se guardarem os meus mandamentos e obedecerem ao que eu vos digo, a fé de vocês será eficaz, não haverá obstáculo, “Arranque-se e transplante-se no mar. ”

Quem não lembra do oficial de Cafarnaum?

Jesus lhe disse: “Eu vou curá-lo. “Mas o centurião respondeu: — Senhor, não sou digno de recebê-lo em minha casa. Mas apenas mande com uma palavra, e o meu servo será curado. Porque também eu sou homem sujeito à autoridade, tenho soldados às minhas ordens e digo a este: “Vá”, e ele vai; e a outro: “Venha”, e ele vem; e ao meu servo: “Faça isto”, e ele o faz. Ao ouvir isso, Jesus ficou admirado e disse aos que o acompanhavam: — Em verdade lhes digo que nem mesmo em Israel encontrei fé como esta” (Mateus 8:7-10).

“Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados. Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?” (1 João 5:3-5).

CONCLUSÃO

Eu não creio que, o princípio da fé, seja ela grande, média, pequena, ou até mesmo uma fé desenvolvida, uma fé salvífica, uma fé que nos levará a sermos salvos, propriamente dita, seja uma fé para a nossa obtenção própria, para o meu benefício existencial, não, não é essa fé que eu exerço na minha profissão de fé.

Eu creio numa fé que não vê, mas, que pensa, que tem princípios, uma fé que é norteada por padrões elementares de um Deus indizível, inexplicável, infalível, extraordinário.

Que cuida, que traz a devida provisão, que se preciso nos disciplina como filhos, e não nos entrega aquilo pedimos, pedimos, pedimos, mas se coloca a nossa disposição como galardoador.

Mais, somente para aqueles que andam com ele, que agradam a Ele, Deus tem algo reservado e precioso.

Não foi diferente com Abraão, com Enoque com Elias, com Moisés, com Paulo, com o próprio Pedro, e com o Seu Filho, Deus lhe o Nome sobre todo nome, nos céus, na terra e debaixo da terra, Jesus Cristo.

Pr. Ronaldo A. Bezerra

Deixe um comentário

Contato / Localização
Contato Informativo

8599770.1807
Rua 17, 110 Conjunto Polar - Fortaleza/CE
iecsantidade@gmail.com

Horários de Progamação

Quarta-Feira:
20h00 às 21h00
Sábado:
09h00 às 10h00
Domingo:
18h00 às 20h00

Eventos / Calendário